Ronaldo poderá ganhar R$ 10 mi com venda de produtos

Além do salário de R$ 400 mil mensais, o atacante Ronaldo vai faturar com a venda de produtos associados ao seu nome. Pelo contrato que a empresa do atleta, a R9, assinou com o Corinthians, ele terá direito a porcentagens que podem variar de 15% a 30% sobre o que for vendido com a sua marca. Com essas receitas, associadas ao que vai receber dos patrocinadores do uniforme, que o atleta deve faturar não menos do que R$ 10 milhões para jogar um ano no clube.Se horas depois de anunciado como reforço o comércio já vendia a camisa 9 com seu nome nas costas, nesta sexta-feira já podia ser comprada a camiseta lançada especialmente para sua apresentação e que será o lema da passagem dele pelo clube: 2009 Fenomenal, com o 9, seu número em campo, em destaque. O preço sugerido é de R$ 39,90."O Ronaldo vai gerar muito dinheiro ao Corinthians e a ele mesmo. É unir o útil ao agradável, que para ele será voltar a jogar bem e para nós ter o Fenômeno no bando de loucos", disse o vice-presidente de marketing, Luiz Paulo Rosenberg.As idéias para usar a marca Ronaldo são inúmeras, explicou o gerente de marketing Caio Campos. Segundo ele, o foco neste início é fixar a imagem do craque com o Corinthians. Por exemplo: a caricatura feita, e que mostra até um Ronaldo bem gordinho, será bem explorada em camisas e bonecos.Até o cartunista Ziraldo entrou na brincadeira e lançou o "Dentão", versão dentuça do Mosqueteiro, símbolo do Corinthians revitalizado recentemente pelo escritor, que lançou também o Mosquetinho, voltado para o público infantil. O Dentão vai se juntar aos outros dois em camisas e até na confecção de bonecos. "Não temos idéia de quanto será o alcance de vendas", admitiu Caio Campos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.