Ronaldo preocupa médico da Inter

A ?fadiga muscular? apontada como motivo da saída do atacante Ronaldo em um amistoso disputado na quinta-feira contra uma equipe de Palma de Mallorca, na Espanha, parece não ser exatamente o diagnosticado pelo médico da Inter de Milão, Franco Combi. ?Os problemas de Ronaldo não são somente musculares; ele está ansioso para voltar o quanto antes possível e nisso tudo tem uma grande pressão psicológica?, disse.A princípio foi constatada uma lesão no músculo femural da coxa esquerda, exatamente o mesmo local da contusão do dia 23 de dezembro.Neste sábado, antes da equipe retornar à Itália para o jogo contra o Venezia, o atacante foi submetido à uma sessão de fisioterapia e realizou, isoladamente, um leve trabalho atlético. ?Depois faremos uma consulta médica para ter uma idéia clara da situação de Ronaldo?. Portanto, o jogador não deve enfrentar o adversário, no domingo, pelo Campeonato Italiano. Na segunda-feira, novamente irá realizar a uma ressonância magnética na zona femural da perna esquerda.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2002 | 12h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.