Ronaldo promete ampliar recorde para ajudar a seleção

O atacante Ronaldo disse neste domingo que sonha em ampliar seu recorde de artilharia em Copas do Mundo, hoje em 14 gols, ao lado do alemão Gerd Müller, principalmente porque isso ajudará a seleção a conquistar o hexacampeonato mundial. "Espero ampliar essa marca e fazer o maior número de gols, porque assim também poderemos ser campeões", disse o atacante.Ronaldo igualou a marca na última quinta-feira, no jogo contra o Japão, ao marcar dois gols - o primeiro e o último - na goleada por 4 a 1. Ele já havia sido o artilheiro de 2002, com 8 gols - com direito aos dois da final contra a Alemanha -, e marcado outros 4 na Copa de 1998. Müller foi o principal goleador em 1970, com 10 gols, e fez mais 4 em 1974 - inclusive o segundo na decisão, 2 a 1 contra a Holanda."Volto a dizer que não é meu objetivo principal, minha meta é ser campeão, mas é uma marca importante e estou feliz por ela", disse o jogador, que acredita que seleção deve ter cautela na partida de terça-feira, contra Gana, pelas oitavas-de-final. "É importante impor nosso ritmo e nossa qualidade, mas temos de estar preparados para defender também", alertou.Na manhã deste domingo, antes de conversar com a imprensa, Ronaldo manteve a rotina de exercícios de reforço muscular na academia montada no Castelo Lerbach, concentração da seleção. Em vez da companhia costumeira de Cafu, no entanto, ele teve ao lado outros quatro jogadores: o zagueiro Juan, o lateral Gilberto, o volante Emerson e o meia Kaká também trabalharam sob a observação do fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan.Às 12 horas (horário de Brasília), a seleção realiza treinamento em Bergisch Gladbach. E repete o trabalho, no mesmo horário e local, na segunda-feira. O jogo contra Gana acontece na terça, em Dortmund, valendo vaga nas quartas-de-final da Copa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.