Ronaldo quer levar Kaká para Espanha

Não é novidade que o talento de Kaká já chama a atenção na Europa. Suas boas atuações pelo São Paulo, a convocação para a Copa do Mundo e o gol que marcou pela Seleção da Fifa no amistoso contra o Real Madrid colocaram seu nome na agenda de importantes dirigentes do continente. Mas não é só isso. Ele agora também entrou nos planos de Reinaldo Pita e Alexandre Martins, os procuradores de ninguém menos que Ronaldinho, o principal jogador do planeta.A notícia estourou nesta quinta-feira na Espanha. Segundo o jornal esportivo ?Marca?, os dois empresários pensam em se associar a Juan José Hidalgo ? presidente do Salamanca, clube que está na sétima posição da Segunda Divisão Espanhola e no páreo para voltar à Primeira ? para comprar 50% dos direitos federativos do craque e depois colocá-lo no futebol europeu.Uma possibilidade seria deixá-lo por seis meses no Salamanca e, no final da temporada, encaixá-lo num clube grande. Para alavancar a transferência para um clube de prestígio, contariam também com a ajuda de Ronaldinho, que não se cansa de falar bem de Kaká. O grupo do Fenômeno avalia que o futebol espanhol é o ideal para o meia, mas também acredita que ele poderia ter sucesso em outros países.ENCONTRO - Juan José Hidalgo é dono da companhia aérea Air Europa e parceiro de Ronaldinho em partidas de golfe. Ele ofereceu ao atacante a possibilidade de tornar-se acionista do Salamanca, investindo 30 mil euros. Semana passada, na véspera do jogo do Real contra a Seleção da Fifa, Ronaldinho, seus representantes e Hidalgo jantaram em Madri com Kaká e Wagner Ribeiro, seu procurador. O encontro foi costurado pelo craque do Real Madrid e serviu para iniciar a aproximação entre as duas partes.O presidente do Salamanca viu o jogo no dia seguinte e gostou da atuação de Kaká, que fez um belo gol e mostrou personalidade. ?Gostei dele, me parece que tem um grande futuro?, afirmou. Hidalgo admitiu que já tinha recebido boas informações a respeito do meia são-paulino. ?Os representantes de Ronaldo haviam me dado referências sobre ele. E Ronaldo também tinha me falado.?A propaganda que Reinaldo Pita e Alexandre Martins vêm fazendo sobre Kaká é incentivada por Ronaldinho. Desde que anunciou que queria trocar a Inter pelo Real Madrid, o Fenômeno vive repetindo que seus representantes fazem o que ele quer e não o contrário.Os procuradores de Ronaldinho representam mais 77 jogadores, entre os quais estão o goleiro Júlio César (Flamengo), o lateral Gilberto (Grêmio), os meio-campistas Vampeta (Corinthians) e Felipe (Galatasaray) e os atacantes Adriano (Parma) e Amoroso (Borussia Dortmund).Quando o atacante jogava na Inter, a dupla de representantes conseguiu colocar dois de seus jogadores no clube italiano: Vampeta ? que depois se transferiu para o Paris Saint-Germain ? e Adriano, que teve 50% de seu passe comprado pelo Parma.Além disso, por influência de Ronaldinho a Inter contratou o fisioterapeuta Nilton Petroni, o Filé, por US$ 25 mil mensais.Ele integrava o Departamento Médico apenas para cuidar de seu cliente mais ilustre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.