Ronaldo quer permanecer no Corinthians até o fim de 2010

Empresário confessa que jogador quer mais do que simplesmente provar que pode voltar a jogar bem

Luiz Antônio Prosperi, Jornal da Tarde

14 de dezembro de 2008 | 09h25

Ronaldo tem um projeto ambicioso com o Corinthians. Mais do que provar que não acabou para o futebol, o Fenômeno quer ficar no clube até 2010, ano do centenário do clube. E conquistar os títulos importantes como o da Libertadores. Sua meta é escrever seu nome na história do Corinthians.Veja também: TV Estadão: 'Aqui está mais um louco para este bando de loucos', diz Ronaldo Ronaldo inaugura loja da Nike e ganha torcida de MaurrenRonaldo pode ganhar até R$ 10 mi com venda de produtos Bate-Pronto: Após a festa, é hora de Ronaldo mostrar bom futebol Vote: o Corinthians acertou em contratá-lo?Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoPara consolidar este projeto, Ronaldo não tem a menor intenção de trocar de clube antes mesmo de 2010. Nem mesmo se aparecer uma proposta tentadora de fora do Brasil. Quem garante é Fabiano Farah, agente do jogador, que revelou com exclusividade ao JT, no sábado, os planos do Fenômeno para os próximos dois anos. "O Ronaldo está feliz no Corinthians. Não há a menor chance de sair no meio do ano. Ele quer voltar a jogar bem nesta temporada, ajudar o time a conquistar títulos importantes e renovar o contrato até o final de 2010 para jogar no centenário do Corinthians. No centenário, o projeto é ser campeão da Libertadores, do que vier pela frente, e voltar à Seleção Brasileira."Farah revelou ainda que desconhece multa contratual no acordo entre Ronaldo e Corinthians. "Desconheço essa história de multa no contrato. O Ronaldo, por sua vontade e desejo, não sai do Corinthians."O procurador contou também que o atacante está bem fisicamente e ansioso para treinar com bola. "Criaram muita polêmica sobre a forma física dele. Ele está muito bem, totalmente recuperado. Falta é bola, treinamentos com bola. Não tenho dúvida de que no final de janeiro (2009) ele voltará a jogar. Nos testes de força, que ele fez no mês passado com os jogadores do Flamengo, foi o melhor de todos."As revelações de Fabiano Farah foram feitas ao JT momentos antes de Ronaldo inaugurar uma loja da Nike, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo. Bem humorado, tranqüilo, o Fenômeno passeou pela loja ao lado das atletas Maurren Maggi (salto), Fabiana Murer (salto com vara) e a ex-tenista Maria Esther Bueno.A pedido da TV Globo, Ronaldo conversou com Maurren, são-paulina confessa. "Ele poderia ter ido para o São Paulo, né? Ninguém merece... Sou um pouquinho corintiana. Não chego a ter dois times, mas vou dar uma força para ele", disse Maurren, ouro em Pequim.Sorrindo, Ronaldo brincou: "Ela não tem do que reclamar. O time dela ganhou todos os últimos títulos. No Corinthians, vamos trazer todos os torcedores indecisos e sem clubes."Poucos minutos depois, o Fenômeno e Maurren levantaram as portas da loja na inauguração oficial. Pose para fotos e Ronaldo entrou no seu carro acompanhado de quatro seguranças. Ainda ontem, embarcaria para o Rio com a promessa de voltar dia 26, na reapresentação dos jogadores ao Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.