Maurício Dueñas/Efe
Maurício Dueñas/Efe

Ronaldo reclama de gramado e lamenta eliminação do Corinthians

'Temos agora que sentar e esfriar a cabeça e analisar o que foi feito de errado', diz

Jornal da Tarde

03 de fevereiro de 2011 | 00h19

IBAGUÉ - O atacante Ronaldo encerra sua segunda e última participação na Copa Libertadores sem ter conquistado um título, que ele mesmo classificava como um sonho.

A eliminação do Corinthians desta edição chega a ser mais preocupante que a do ano passado, ano do centenário, quando caiu para o Flamengo, na oitavas de final.

Em 2011, o Corinthians não marcou nenhum gol nos dois jogos . Nesta quarta-feira, Ronaldo foi um dos poucos que ainda tentou um chute de mais perigoso. O Fenômeno, porém, saiu de campo desolado e atormentado.

"Temos agora que sentar e esfriar a cabeça e analisar o que foi feito de errado, porque comprometemos o ano todo [com a eliminação]", disse à TV Globo, que também culpou o gramado pela derrota. "É inadmissível que a Conmebol libera um campo desse. Mas isso não é desculpa."

Veja também:

link Presidente do Corinthians evita falar em demissão do técnico Tite

link Corinthians perde para o Tolima e está fora da Copa Libertadores 2011

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.