Reuters
Reuters

Ronaldo revela que presidente do Real Madrid enviava seguranças para suas festas

Ex-atacante ainda afirma que não tinha o costume de organizar suas próprias baladas e que isso virou uma lenda

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2020 | 10h53

Atual presidente do Valladolid, da Espanha, o ex-atacante Ronaldo Fenômeno revelou que o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, tinha o hábito de enviar seguranças para festas em que ele frequentava em sua passagem pelo clube. "Alguns até entravam", confessou Ronaldo, em entrevista ao programa Universo Valdano.

O ex-atacante, no entanto, esclarece que não tinha o costume de organizar suas próprias festas, como ex-companheiros contaram diversas vezes. "Existe uma lenda em torno disso. Às vezes eu conseguia fazer uma festa, mas não era assim. Sempre fui muito responsável, sempre tentei não prejudicar meu físico."

Ronaldo defendeu o Real Madrid entre 2002 e 2007. Ao todo, foram 177 jogos e 104 gols marcados. "Depois que ganhávamos os jogos, eu gostava de comemorar  e como sempre ganhávamos, isso foi um problema", afirmou. "Mas há muito mais lenda do que realmente era", reforçou.

O atacante também afirmou ter saudades do período em que jogou pelo clube merengue. "Foi uma época espetacular. Real Madrid e Madri é a melhor combinação de cidade e time que se pode encontrar na vida."

Na mesma entrevista, Ronaldo ainda comentou sobre como sofreu na mão de Romário, que foi seu companheiro na seleção brasileira. "Ele foi demais comigo. Ele me pedia café. Depois do treino, ele me deu os sapatos para limpar. E eu fazia tudo na frente de todos, é claro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.