Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

'Ronaldo sentiu desconforto', justifica Adilson

Técnico terá Iarley, Souza e Jorge Henrique como opções para compor o setor ofensivo do Corinthians

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2010 | 12h52

SÃO PAULO - O técnico Adilson Batista comentou nesta terça-feira o fato de Ronaldo ter sido vetado para o jogo que o Corinthians fará contra o Fluminense, nesta quarta-feira, no Engenhão, no Rio, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O desfalque foi confirmado pelo clube na manhã desta terça.

Veja também:

link Ronaldo desfalca o Corinthians contra o Fluminense

O treinador admitiu que inicialmente esperava contar com o atacante, pois o jogador já havia sido poupado da partida contra o Grêmio, no último sábado, no Pacaembu. Porém, depois do atacante ficar fora do treino realizado no campo do Parque São Jorge na última segunda-feira e apenas realizar um trabalho na academia do clube, o comandante confirmou que o atleta reclamou de dores causadas por uma lesão na panturrilha.

"Eu conversei com o Ronaldo e ele se mostrou à vontade, mas infelizmente no treinamento ele sentiu desconforto e decidimos tirá-lo da concentração [para o jogo contra o Fluminense]", revelou Adilson, em entrevista para a TV Globo.

Questionado sobre qual deverá ser - mais uma vez - o substituto de Ronaldo, o treinador preferiu fazer mistério ao falar sobre as opções que tem para o setor ofensivo. Iarley, que perdeu um pênalti e outras duas ótimas chances de gol na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, no último sábado, no Pacaembu, foi o substituto do Fenômeno no duelo.

"Tenho o Iarley, o Souza e o Jorge Henrique e vou passar tranquilidade para eles", despistou o treinador, lamentando o fato de ainda não poder contar com o atacante Dentinho, que segue em recuperação de uma lesão na coxa direita - ele não joga desde o dia 8 de agosto, quando se contundiu em partida contra o Flamengo."É um belo jogador..., que tem um potencial muito grande, mas ele ainda não saiu do departamento médico", disse.

Adilson ainda comentou sobre o fato de o Corinthians ter desperdiçado quatro dos oito pênaltis que bateu neste Campeonato Brasileiro. Iarley e Bruno César foram os dois últimos a errar penalidades, fato que poderá fazer Roberto Carlos surgir como forte opção como cobrador de possíveis novas penalidades. "Precisamos melhorar, vamos intensificar [os treinos de pênaltis] e passar tranquilidade", afirmou o treinador, para depois confirmar que o lateral poderá ser o batedor. "Pode ser ele, vamos trabalhar, à tarde vamos deixar ele treinar [cobranças]".

Já ao falar sobre o peso que o jogo desta quarta-feira terá para o Corinthians no Brasileirão, o comandante resumiu: "Não tem troféu e não tem volta olímpica [no caso de uma vitória], mas é importante".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.