Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Ronaldo tem presença garantida na final do Paulistão

Lesão sofrida pelo atacante na derrota para o Atlético-PR não é grave; Fenômeno quer estar na festa do título

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2009 | 21h01

SÃO PAULO - A nota no site do Corinthians é direta: Ronaldo está garantido na final do Paulistão. Em seu blog, o técnico Mano Menezes também garante a escalação do atacante para enfrentar o Santos, domingo, no Pacaembu. Mesmo se ainda estiver sentindo um pouco de dor na região do peito em que levou a pancada no jogo da última quarta-feira, em Curitiba, o astro corintiano não admite perder a decisão do título.

 

Veja também:

linkGrêmio acerta com volante Túlio, ex-Corinthians

linkGrupo Silvio Santos acerta com Corinthians até 2010

forum VOTE - Qual time vai ser o campeão paulista de 2009?

especialSantos x Corinthians, o mais antigo clássico paulista

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Aliviado por não ter sofrido uma fratura na costela, como chegou a ser cogitado, Ronaldo já adiantou que está bem e espera não decepcionar o ‘público vip’ que terá na grande final. Seu empresário, Fabiano Farah, e seu pai, Nélio, já têm presença confirmada no Pacaembu, mas a sua esposa, Bia Antony, e a sua filha recém-nascida, Maria Sofia, também devem estar nas tribunas do estádio.

 

Nesta quinta-feira, passado o susto de ter sofrido uma lesão mais grave após a pancada no jogo contra o Atlético-PR, Ronaldo fez recuperação física aos lado dos demais companheiros no Parque São Jorge. Conversou bastante, brincou e, o que é mais importante para os corintianos, não se queixou das dores no peito.

 

"Ele não apresentou nada, mas é uma coisa vê-lo caminhando e conversando e outra trombando no campo. Eu esperaria uns dois dias para ver se não se queixará das dores. Mas para o dia a dia, ele não tem nenhum problema", afirmou o zagueiro e capitão William, que sente dores nos pés há dois meses, mas não abre mão de estar em campo.

 

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, também mantém confiança na escalação de Ronaldo. Mas evita dar palpites sobre o assunto para não "passar por cima do treinador". "Temos um departamento médico muito competente, aparelhagem de primeira linha para recuperar qualquer atleta", explicou o dirigente.

 

Assim, com presença confirmada, Ronaldo pode entrar no domingo para um seleto grupo de corintianos que marcaram gols em dois jogos decisivos numa mesma competição. Na Vila Belmiro, ele já foi o destaque, fazendo dois na vitória do Corinthians sobre o Santos por 3 a 1. Agora, no Pacaembu lotado, todos no Corinthians apostam novamente no sucesso do atacante.

 

Marcando gol, Ronaldo se igualará a Palhinha (fez dois nas finais do Paulistão de 79), Sócrates (quatro gols no Paulistão de 83), Marcelinho Carioca (nove gols em quatro decisões pelo clube) e Deivid (dois gols na Copa do Brasil de 2002), outros jogadores que já foram decisivos para o Corinthians.

 

Motivação não falta. Em alta, ele viu nesta quinta-feira o Grupo Silvio Santos confirmar o patrocínio ao Corinthians até janeiro de 2010 - a empresa já tinha feito acordo apenas para as finais do Paulistão. Agora, estampará suas marcas - Banco PanAmericano, Baú e Telesena - no calção e na parte superior da camisa. E 80% desse dinheiro irá diretamente para Ronaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.