Ronaldo tira o Real Madrid do sufoco

O Real Madrid suou para bater o modesto Getafe por um magro placar de 1 a 0 neste sábado, no Estádio Santiago Bernabeu, em Madri. Um gol de Ronaldo - que voltou de contusão - aos 17 minutos do primeiro tempo salvou o time merengue de um vexame em casa e também deu sobrevida ao técnico Wanderley Luxemburgo. A vitória, no entanto, não impediu que a equipe saísse vaiada pela torcida.Não bastasse a pressão decorrente dos maus resultados, o Real ainda teve que jogar quase todo o segundo tempo com um jogador a menos, já que Beckham foi expulso.Bastante criticado pela imprensa durante a semana, Robinho mais uma vez jogou mal e foi substituído no intervalo por Júlio Baptista. Para o Real, o que ficou mesmo de bom foram os três pontos e o belo gol de Ronaldo. Ele ajeitou a bola com a mão involuntariamente, arrancou desde a intermediária e tocou na saída do goleiro.Com o resultado, o Real assumiu provisoriamente o quarto lugar do Campeonato Espanhol com 25 pontos, três a menos que o líder Barcelona, que joga neste domingo.Em terceiro lugar está o Celta, que venceu o Betis por 2 a 1 em Vigo. Os brasileiros Fernando Baiano, pelo Celta, e Edu, pelo Betis, balançaram as redes. O outro gol foi marcado pelo uruguaio Cannobio.

Agencia Estado,

03 de dezembro de 2005 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.