Marcelo Ximenez/AE
Marcelo Ximenez/AE

Ronaldo vive um clima descontraído no Corinthians

Fenômeno está à vontade com os companheiros e esbanja bom humor no clube alvinegro

Marcel Rizzo - Jornal da Tarde,

18 de março de 2009 | 21h32

A bola é lançada para Ronaldo, ele faz a primeira, a segunda embaixadinha e devolve totalmente torto para André Santos. O lateral, então, não perdoa: junto com outros três companheiros, parte para cima do Fenômeno cobrando o erro. A cena não é de coletivo, ou de uma partida, mas de brincadeiras entre os jogadores depois de mais um treino do Corinthians. O "pagamento" de Ronaldo após passe errado no passatempo das embaixadinhas foram "petelecos" na orelha.

Veja também:

linkChicão se machuca em treino e vira dúvida para clássico

linkJorge Henrique retorna aos treinos na quinta-feira

linkTúlio admite estar em má fase no Corinthians

linkMano Menezes diz que Escudero precisa se adaptar ao Brasil 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O bom humor que Ronaldo esbanja é o retrato da convivência que tem no elenco corintiano. Se houve desconfiança no início, principalmente daqueles que estavam com direitos de imagem atrasados e indiretamente o culpavam, agora o astro está se sentindo em casa. E André Santos e Dentinho são fundamentais nisso.

"O Ronaldo é humilde demais", diz Dentinho. A idolatria que o garoto tem pelo astro contagiou o grupo. A imagem do jovem atacante repetindo "você é o Fenômeno, você é o Fenômeno", logo depois de Ronaldo marcar o gol contra o Palmeiras, e o gesto do veterano de presentear Dentinho com a camisa daquele jogo, convenceram os últimos do elenco que estavam reticentes: apesar de toda a fama, Ronaldo agora é só mais um deles.

"O Ronaldo tem esse jeito de ser que contagia a todos. Tem que ser o exemplo para nós", afirma André Santos, que hoje divide quarto com o atacante nas concentrações - antes, a função era do zagueiro e capitão William. O lateral, inclusive, não se cansa de elogiar o seu companheiro mais famoso: "Ele é o cara."

Mais conteúdo sobre:
RonaldoCorinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.