Ronaldo volta de olho na seleção

Finalmente, depois de mais de um ano de espera (16 meses) se recuperando da cirurgia no joelho direito, o atacante Ronaldo deve voltar a defender a Inter de Milão em uma partida oficial. O técnico da equipe italiana, o argentino Héctor Cúper, colocou o brasileiro na lista dos reservas e garantiu sua intenção de colocá-lo em campo durante a partida desta quinta-feira, contra o Brasov, da Romênia, pela Copa da Uefa, em Trieste. A partida começa às 21 horas locais (16 horas de Brasília). Não há transmissão prevista pela TV.Segundo o assessor do jogador brasileiro, Rodrigo Paiva, ele está feliz com a perspectiva de atuar, porém não existe ansiedade extra em relação ao encontro contra os romenos. "O Ronaldo não está encarando o jogo como uma volta porque já atuou em outras três partidas (todas amistosos)", revelou.Rodrigo Paiva, no entanto, admite que Ronaldo guarda outro tipo de ansiedade: a de voltar à seleção brasileira. Por esse motivo, o jogador vem insistindo na necessidade de jogar com regularidade, mas com o cuidado de não entrar em conflito com Cúper. O técnico da Inter é categórico: não quer correr riscos desnecessários e prefere que o atacante volte aos poucos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.