Site Oficial / Guarani
Site Oficial / Guarani

Rondinelly, meia do Guarani, fica próximo de reforçar o Vila Nova

Atleta começou nas categorias de base do clube goiano, antes de ir para o Grêmio

Estadão Conteúdo

18 Dezembro 2018 | 13h38

O Vila Nova está muito próximo de tirar mais um jogador do Guarani. Depois de contratar o lateral-direito Felipe Rodrigues e o volante Denner, o técnico Umberto Louzer pediu para a diretoria goiana buscar o meia Rondinelly, de 27 anos, e que ficou sem contrato com o time de Campinas ao final da Série B do Campeonato Brasileiro. Ele passa férias com a família em Goiás e depende apenas de um acerto salarial para assinar com o rival.

Rondinelly é natural de Rialma, pequena cidade goiana, e começou nas categorias de base do Vila Nova, com quem sempre teve identificação. Subiu para o profissional em 2012 e rapidamente foi negociado com o Grêmio. Rodou ainda por Palmeiras, Portuguesa, Luverdense, Audax, Macaé e Londrina. Em 2017 foi negociado com o Botafogo de Ribeirão Preto, mas não emplacou.

Chegou ao Guarani no início de 2018 rondado de desconfiança, mas rapidamente tomou a posição de titular. Disparou no início da temporada com a conquista da Série A2 do Campeonato Paulista, mas caiu de produção no segundo turno da Série B e teve de se acostumar com o banco de reservas no final do ano. No total, foram 38 jogos e sete gols, sendo 22 partidas no torneio nacional e o restante na competição estadual.

O Guarani tinha interesse em renovar com Rondinelly, mas sofreu com a concorrência e aparentemente desistiu do negócio. Ele deve assinar com o Vila Nova nos próximos dias.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.