Rony e Luiz Adriano treinam e viram opção para Abel Ferreira no Palmeiras

Rony e Luiz Adriano treinam e viram opção para Abel Ferreira no Palmeiras

Dupla está em fase avançada de transição física, assim como o volante Danilo Barbosa

Redação, Estadao Conteudo

05 de agosto de 2021 | 18h56

A volta do ataque titular do Palmeiras está cada vez mais próxima. Nesta quinta-feira, em intenso treino de duas horas na Academia de Futebol, na Barra Funda, Rony e Luiz Adriano participaram de toda a atividade e se tornam opções para o técnico Abel Ferreira. Sábado o time receber o Fortaleza, pelo Brasileirão.

A dupla está em fase avançada de transição física, assim como o volante Danilo Barbosa. Rony se recupera de lesão na coxa, enquanto Luiz Adriano estava com um edema no joelho. Eles correm contra o tempo para serem reforços nas quartas da Copa Libertadores diante do São Paulo.

No sábado, o Palmeiras hospeda o Fortaleza, terceiro colocado do Brasileirão, num bom teste antes dos clássicos. Abel pode até usar seus atacantes para dar ritmo de jogo. A decisão sairá no trabalho desta sexta-feira.

Ambos vêm de longo período de inatividade. Por isso ainda não voltaram a atuar. Precisam de recondicionamento físico e recebem atenção especial para não voltarem a sentir desconfortos. Rony completa um mês fora dos gramados justamente no sábado.

Já Luiz Adriano está há quase 40 dias fora. Esteve à disposição contra o Internacional, não saiu da reserva e pode, enfim, voltar aos gramados após frustrada negociação com o Grêmio no período em que tratava a lesão. Torcedores do tricolor gaúcho reprovaram a contratação pelo passado colorado do centroavante. Borja virou o plano B.

O Palmeiras viu sua série de sete vitórias seguidas no Brasileirão chegar ao fim com empate sem gols diante do São Paulo. O resultado diminuiu a vantagem na liderança sobre o Atlético-MG para somente um ponto. A ordem é somar os três pontos contra o complicado time do Fortaleza para chegar na frente no confronto com os mineiros, no outro fim de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.