Rooney deve escapar de punição por cotovelada

Wayne Rooney parece que vai escapar de punição pela cotovelada em James McCarthy do Wigan no sábado quando o árbitro viu o lance de deu uma falta contra o atacante do Manchester United.

REUTERS

27 de fevereiro de 2011 | 17h44

Rooney atingiu McCarthy fora do lance em uma situação sem perigo de gol na linha do meio-campo após quatro minutos de jogo pelo campeonato inglês no DW Stadium, o qual o Manchester venceu por 4 x 0. Ele foi repreendido pela ação.

O árbitro marcou falta mas não puniu Rooney, deixando o treinador do Wigan Roberto Martinez furioso.

"Eu vi claramente o incidente e o árbitro também, pois deu falta", disse Martinez a repórteres.

"Uma vez que você dá a falta num lance desses, é claro que você tem que aplicar o cartão vermelho. Quando você assiste ao replay, fica claro que ele pega James McCarthy na face com seu cotovelo", acrescentou.

"Se um dos meus jogadores tivesse feito isso, eu acharia muita sorte se ele ficasse em campo."

O treinador do Manchester United Alex Ferguson, no entanto, disse que "não há nada nisso."

"Mas, o que acontecer, será porque é Wayne Rooney, a imprensa fará campanha para enforcá-lo, eletrocutá-lo ou algo assim", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTROONEYWIGAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.