Rooney é vetado de duelo e terá de esperar mais por jogo 500 no Manchester United

Com uma lesão no tornozelo, Wayne Rooney terá de esperar mais um pouco para fazer a sua partida de número 500 com a camisa do Manchester United. Nesta sexta-feira, o técnico Louis van Gaal confirmou que o jogador ficará fora do duelo deste sábado, contra o West Ham, pelo Campeonato Inglês, e ainda é dúvida para o confronto com o Wolfsburg, na terça-feira, na Alemanha, pela Liga dos Campeões.

Estadão Conteúdo

04 de dezembro de 2015 | 13h06

Van Gaal ressaltou, em entrevista ao site oficial do clube, que o atacante está "mais lesionado" do que o clube pensava que estivesse. O astro se machucou no empate por 1 a 1 com Leicester, no último final de semana, quando a igualdade entre os dois times permitiu que o Manchester City assumisse a liderança do Campeonato Inglês.

"A lesão de Wayne é mais pesada do que nós pensávamos e é uma lesão desagradável", afirmou o comandante holandês, para depois revelar que o jogador precisa fortalecer mais o tornozelo lesionado para poder voltar a atuar. Para completar, o treinador avisou que não pode dizer quanto tempo o atacante ficará sem jogar, pois isso dependerá de sua evolução ao tratamento. "Ele está treinando bem na reabilitação", limitou-se a dizer.

Outro jogador que irá desfalcar o Manchester United neste sábado é o lateral argentino Marcos Rojo, que deslocou o seu ombro esquerdo em um treino. Um problema no mesmo ombro, por sinal, já deixou o atleta afastado dos gramados por quatro semanas na temporada passada.

"Rojo está lesionado. É o seu ombro, o mesmo que ele lesionou no ano passado em uma sessão de treinamento. É muito lamentável, também porque é na posição de Luke Shaw (também lesionado), então eu tenho um grande problema", lamentou Van Gaal, que também não contará neste sábado com Phil Jones e Ander Herrera, ambos lesionados. Em compensação, o time terá o retorno do jovem meia Jesse Lingard, recuperado de um problema muscular que o tirou da partida contra o Leicester.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester UnitedWayne Rooney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.