Rooney ganha responsabilidade no Manchester United

A saída dos atacantes Cristiano Ronaldo e Carlitos Tevez - que se transferiram para Real Madrid e Manchester City, respectivamente - fez com que a responsabilidade no Manchester United, atual campeão inglês, recaísse sobre Wayne Rooney. E o técnico da equipe, o escocês Alex Ferguson, tem certeza que o atacante está mais maduro para isso.

AE, Agencia Estado

19 de julho de 2009 | 11h52

"Estou observando essa maturidade de Wayne, que é algo que se espera de jogadores jovens como ele. Mas sei que também há margem para mais melhora dele em campo", disse Ferguson, após a primeira partida do Manchester United em seu giro pela Ásia - no sábado, venceu um combinado da Malásia por 3 a 2.

Com 23 anos, o astro do time e da seleção inglesa, sabe que terá de marcar mais gols na temporada - na passada fez 20 - para que a torcida esqueça Tevez e Cristiano Ronaldo. No sábado, fez seu primeiro gol. Agora, comandará um ataque formado também pelo búlgaro Berbatov, pelo recém-contratado Michael Owen e pela revelação italiana Federico Macheda.

"A expectativa que se cria em Rooney sempre é alta. É algo natural mesmo e é uma situação que se encaixa com o nível de exigência para um jogador de destaque que ele é", completou Ferguson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester UnitedWayne Rooney

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.