Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

Rooney se diz 'honrado e orgulhoso' por virar o maior artilheiro do United

Atacante chegou a 249 tentos com a camisa da equipe e igualou Bobby Charlton

Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2017 | 14h53

A goleada por 4 a 0 sobre o Reading neste sábado classificou o Manchester United para a próxima fase da Copa da Inglaterra, mas a vaga acabou ficando em segundo plano diante do feito alcançado por Wayne Rooney. Com o gol marcado logo aos seis minutos de jogo, ele se tornou o maior artilheiro da história do clube.

O tento marcado neste sábado foi o de número 249 de Rooney com a camisa do Manchester. Com isso, o jogador igualou ninguém menos do que o lendário Bobby Charlton, que inclusive estava no estádio para acompanhar a partida. Após o apito final, o atacante não conseguiu esconder a felicidade pela marca.

"Por ter alcançado isso em um clube tão grande como o Manchester United, eu estou imensamente honrado, e este é um momento realmente de orgulho para mim", declarou. "Era algo que eu não podia imaginar. Você não pensa tão longe assim, mas eu estou neste clube há um longo período, é uma grande parte da minha vida, então é uma honra estar lá em cima ao lado de Sir Bobby."

Rooney chegou a ter pelo menos outras duas oportunidades para se isolar na artilharia do Manchester neste sábado, mas as desperdiçou. O próximo gol não deve demorar a sair, e o jogador só espera que seja em Old Trafford. "Você quer quebrar recordes diante da sua torcida, e temos dois jogos em casa. Então, espero que consiga fazer isto em um deles", avisou o atacante, mirando as partidas contra Hull City e Liverpool, na semana que vem.

Rooney chegou ao Manchester ainda como promessa em 2004, vindo do Everton, aos 18 anos. De lá para cá, foram 543 partidas necessárias para que ele igualasse o feito do lendário Bobby Charlton, que marcou os mesmos 249 gols, mas em 758 jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.