Rooney tem até 6 de julho para apresentar defesa à Fifa

O porta-voz da Fifa, Markus Siegler, disse nesta segunda-feira que o atacante inglês Wayne Rooney tem até o dia 6 de julho para apresentar, por escrito, suas alegações contra a expulsão que aconteceu na partida em que Portugal eliminou a Inglaterra nesta Copa. Rooney foi expulso aos 16 minutos do segundo tempo ao pisar no zagueiro português Ricardo Carvalho, quando os dois disputavam a bola no meio do campo. O porta-voz afirmou ainda que a Comissão de Apelações da Fifa não aceitou o recurso apresentado pelo jogador norte-americano Pablo Mastroeni, que foi punido com três jogos de suspensão e uma multa de 7 mil francos suíços (4,5 mil euros) em virtude da expulsão ocorrida na partida contra a Itália, ainda na primeira fase do Mundial.

Agencia Estado,

03 Julho 2006 | 08h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.