Rosário derrota Coritiba por 2 a 0

O Coritiba não suportou a pressão argentina e perdeu por 2 a 0 para o Rosário Central, nesta quinta-feira à noite, em Rosário, na Argentina, pela terceira rodada do Grupo 9, da Taça Libertadores. A derrota deixou a equipe com um ponto em três jogos e mais distante da classificação, enquanto o Rosário, com sete pontos, permaneceu na liderança. Os atacantes Sanchez, aos 29 minutos do primeiro tempo, e Herrera, aos 30 do segundo, marcaram os gols. Precisando da vitória para respirar na competição, o Coritiba começou recuado e barrou o ataque do Rosário. Apesar da aparente tranquilidade, Miranda quase marcou um gol contra aos seis minutos, quando cabeceou uma bola contra seu gol e obrigou Fernando a praticar uma difícil defesa. Dez minutos depois, Reginaldo Nascimento foi derrubado dentro da área, mas o árbitro Gustavo Mendéz não marcou o pênalti. Após este lance, o Rosário tomou conta da partida e aos 29 minutos Sanchez recebeu uma bola no miolo da área, driblou Adriano e chutou de bico sem chance para Fernando. No segundo tempo, com Aristizábal em campo, o Coritiba melhorou um pouco, mas ficou vulnerável ao contra-ataque. Aos 30 minutos, Herrera recebeu um lançamento de Belosso, dominou e chutou no canto esquerdo de Fernando: 2 a 0. A partir daí o Coritiba ficou mais desorganizado e não teve competência para a reação. A equipe precisa agora vencer seus três últimos compromissos e ainda torcer por tropeços de seus adversários para tentar o milagre da classificação.

Agencia Estado,

04 de março de 2004 | 23h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.