Alex Silva/AE - 08/08/2012
Alex Silva/AE - 08/08/2012

Roth admite má fase e pede apoio dos cruzeirenses

Na oitava colocação do brasileirão, técnico pede que a torcida ande junto com o time

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 09h13

VARGINHA - O Cruzeiro conseguiu interromper a sequência de quatro derrotas no Campeonato Brasileiro, mas completou a quinta partida sem vitória na competição ao empatar com o Vasco por 1 a 1, em Varginha, domingo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o técnico Celso Roth reconheceu que o time passa por um momento de instabilidade na competição.

"A gente não pode enganar o torcedor, porque o torcedor é muito inteligente. Ele pode ser passional, na hora do jogo, mas o torcedor enxerga. Nós temos muitas dificuldades, temos que continuar trabalhando. Os jogadores se esforçaram muito hoje, estão de parabéns pelo jogo que fizeram", disse.

Pressionado pela má fase do Cruzeiro, Roth cobrou apoio do torcedor para recuperar o time no Campeonato Brasileiro. "O torcedor tem que entender isto. O momento do Cruzeiro é um momento complicado, de desequilíbrio e é agora que o torcedor tem que estar com os jogadores e conosco. Ser cruzeirense quando o time tem dez anos, quinze anos seguidos de vitórias, é muito fácil. Tem que estar junto com a gente agora", afirmou.

Roth acredita que o Cruzeiro poderia ter vencido o Vasco, mas reconheceu que o time caiu de rendimento na segunda etapa em razão do calor, de acordo com o técnico. "Nós poderíamos ter melhor sorte. Fomos melhores no primeiro tempo, tivemos mais oportunidades, tivemos mais jogadas. No segundo tempo, as duas equipes sentiram fisicamente, caíram muito fisicamente devido ao calor e o Vasco, por ser uma equipe que está há mais tempo junto, teve duas oportunidades claras e nós tivemos uma ou duas também", declarou.

O empate com o Vasco deixou o Cruzeiro com 35 pontos, na oitava colocação no Campeonato Brasileiro. A equipe mineira volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o São Paulo no Estádio do Morumbi.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiroCelso Roth

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.