Roth afirma que Grêmio perdeu título para ele mesmo

O técnico Celso Roth, que passou as primeiras rodadas sob a contestação dos gremistas, também qualificou a torcida de "maravilhosa" pelo apoio que deu ao time no Brasileirão. Ao analisar o campeonato, não apontou um momento como decisivo para ter perdido a liderança. "Eu lamento por todas as derrotas", esquivou-se."A culpa é nossa, nós deixamos escapar", admitiu, dizendo que algumas falhas, alguns detalhes, determinaram alguns tropeços, sobretudo no segundo turno. "O São Paulo não foi melhor, mas é campeão com méritos, soube fazer a pontuação na hora certa", reconheceu, admitindo que a conquista do concorrente foi justa. "Não queremos justificar nada, mas o Grêmio tem um grupo que está junto há nove meses, largou desacreditado e chegou bem, enquanto o São Paulo trabalha junto há cinco anos".Como pode ter em 2009 a rara chance de dar seqüência ao trabalho deste ano, com um grupo que seguirá junto, Celso Roth indicou que deve ficar no Grêmio mais um ano. "Existe interesse das duas partes e vamos conversar nesta semana", revelou. "O grupo de trabalho deve permanecer e tem potencial".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.