Roth culpa arbitragem por eliminação do Atlético-MG

O técnico Celso Roth atribuiu à arbitragem a eliminação do Atlético-MG na Copa Sul-Americana. Depois de dois empates por 1 a 1, a equipe foi eliminada nos pênaltis pelo Goiás, por 6 a 5, na noite de quarta-feira, no Serra Dourada.

AE, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 08h58

"Primeiro, parabéns ao Goiás. Segundo, parabéns à arbitragem, que conseguiu nos tirar. Lá em Belo Horizonte, houve uma penalidade ridícula marcada no final do jogo. Hoje, uma indecisão fantástica", disse o treinador do clube mineiro.

Roth, no entanto, tentou ver também a parte positiva da campanha. Como não relacionou os jogadores considerados titulares, ele pôde usar a competição para testar atletas que não vinham sendo aproveitados.

"Fica um saldo muito positivo", disse o treinador, que comemorou o retorno de jogadores como lateral Sheslon, que estava contundido, e ainda teve a chance de dar ritmo de jogo a atletas que podem ser úteis na sequência do Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.