Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Roth culpa erros de finalização e arbitragem por empate

O empate sem gols com o Atlético-PR, na Arena da Baixada, foi um resultado injusto, segundo o técnico do Grêmio, Celso Roth. Para o comandante da equipe gaúcha, o líder do Campeonato Brasileiro poderia ter vencido, não fossem as falhas de finalização e erros da arbitragem."Nosso time merecia a vitória, merecia sair daqui com os três pontos. Mas nós falhamos nas conclusões. Além disso, tivemos infelicidade com o árbitro. Ele não marcou um pênalti no fim do jogo. É uma decisão que a gente respeita, e ele errou como todo ser humano", disse o treinador.Com o resultado, o Grêmio foi a 50 pontos, e mantém-se na ponta do Brasileirão, mas agora com apenas um ponto de vantagem sobre o Palmeiras. O próximo desafio dos gaúchos não será fácil. No próximo domingo, a equipe enfrentará nada menos que o arqui-rival Inter, no beira-rio. Os comandados de Tite venceram as três últimas partidas na competição.

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2008 | 08h36

Tudo o que sabemos sobre:
BrasileirãoGrêmioCelso Roth

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.