Roth diz que empate mostrou força do elenco atleticano

O empate por 1 a 1 com o Goiás, no Mineirão, deixou o Atlético Mineiro em desvantagem no confronto pela Copa Sul-Americana, mas foi aprovado por Celso Roth. Para o técnico, o desempenho da equipe, formada quase só por reservas, mostrou que o time tem condições de lutar pelo título do Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 12h04

"Foi interessante o jogo, deu para a gente olhar algumas coisas, dar ritmo para alguns jogadores, e mostrou que o Atlético tem grupo para continuar brigando no Campeonato Brasileiro", afirmou Roth, mais preocupado com a competição nacional.

O treinador, ressaltou, porém, que o Atlético-MG não abdicou da Sul-Americana. "Jogamos com um time que foi montado na terça-feira, que nunca jogou junto, e ainda complementamos essa equipe com dois garotos do time júnior, que foram muito bem. Acho que, se a gente analisar por esse ângulo, o resultado foi excepcional, mas a gente sempre quer mais", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.