Roth elogia jogadores, mas evita empolgação no Cruzeiro

Celso Roth não poupou elogios aos jogadores do Cruzeiro, depois da vitória sobre o Vasco, por 3 a 1, no duelo entre os dois primeiros colocados da tabela do Brasileirão. Para o treinador, o grupo tem mostrado grande evolução desde que assumiu o cargo, no mês passado.

AE, Agência Estado

24 de junho de 2012 | 12h47

"Foi um grande jogo, digno de Campeonato Brasileiro. As dificuldades continuaram, mas a gente tem que sair delas, não é? E foi isso que nós fizemos. Foi isso que os jogadores fizeram. Essa vitória aqui, o mérito é todo dos jogadores. Eles vêm trabalhando, e trabalhando muito, para ter uma vitória como essa, estão se entregando demais", exaltou.

Na avaliação de Roth, o Cruzeiro só mostrou recuperação, depois da queda no Mineiro e na Copa do Brasil, porque alterou seu estilo de jogo. "O Cruzeiro mudou, praticamente, a sua característica. De um time de toque de bola para um time aguerrido, com qualidade. O primeiro passo era ser aguerrido, era ter a entrega, agora nós temos que agregar. E hoje nós conseguimos", comemorou.

Mesmo motivado pelos bons resultados, Roth tenta conter a empolgação. "É difícil chegar na ponta? É difícil! Mais difícil ainda é mantê-la!", declarou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCelso Roth

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.