Roth escala Glaydson e relaciona Edu no Internacional

O técnico Celso Roth comandou, na manhã desta quarta-feira, no Beira-Rio, o último treino do Internacional visando o confronto desta quinta, contra o São Paulo, no Morumbi, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na atividade, ele escalou Glaydson no time titular no lugar do volante Guiñazu, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2010 | 12h22

Além da provável entrada de Glaydson na equipe, o treinador promoveu como principal novidade nesta quarta o fato de ter relacionado o atacante Edu para o confronto. Contratado no ano passado junto ao Betis, da Espanha, onde ele atuou por cinco temporadas, o jogador de 31 anos perdeu espaço no elenco do Inter e agora tenta recuperar um lugar na equipe.

Curiosamente, Edu volta a ser relacionado justamente em uma partida contra o São Paulo, clube que o revelou e pelo qual jogou com destaque pela primeira vez no futebol brasileiro, antes de se transferir para o Celta, quando tinha apenas 21 anos. Será a primeira partida entre os dois times desde que o Internacional eliminou a equipe paulista da última Copa Libertadores.

Caso mantenha a equipe que escalou nesta quarta-feira, Roth deve mandar o Internacional a campo no Morumbi com a seguinte formação: Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Glaydson, Tinga, Giuliano e D''Alessandro; Leandro Damião.

Além de Guiñazu, o Internacional não poderá contar com os atacantes Alecsandro e Rafael Sobis, que se recuperam de lesões. O primeiro deles tem volta prevista ao time para a próxima semana, enquanto o segundo ficará por cerca de um mês afastado, tempo em que estará se recuperando de uma lesão no músculo posterior da coxa direita.

Confira a lista de relacionados do Inter para o jogo contra o São Paulo:

Goleiros: Abbondanzieri e Renan.

Zagueiros: Bolívar, Índio e Ronaldo Alves.

Laterais: Kleber, Leonardo e Nei.

Volantes: Derley, Glaydson, Tinga e Wilson Matias.

Meias: Andrezinho, D''Alessandro e Giuliano.

Atacantes: Edu, Everton, Leandro Damião e Marquinhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.