Roth fecha treino e não revela o substituto de Tinga

O Internacional chegará indefinido para a decisão desta quarta-feira, contra o São Paulo, pelas semifinais da Copa Libertadores. Para a partida no Beira-Rio, que marca o jogo de ida do confronto, o técnico Celso Roth não revelou o substituto do lesionado Tinga. Nesta terça, o treinador colorado preferiu fazer um treino com portões fechados.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2010 | 20h11

As opções mais prováveis são Giuliano e Wilson Mathias, como sinaliza o próprio técnico. "Temos o Giuliano, em que ganhamos muita movimentação e qualidade na frente. Mas há também o Wilson Matias, um jogador que é forte na bola área, principal arma do São Paulo. A escalação vocês verão amanhã (quarta)", disse Roth, que ainda pode surpreender caso escolha Andrezinho para o lugar de Tinga.

Para o jogo decisivo, Roth confia que o Inter possa repetir o mesmo desempenho que vem tendo no Brasileirão, no qual soma quatro vitórias seguidas. "Esta sequência que estamos tendo no Brasileirão não é por acaso, é fruto de trabalho. Os jogadores passaram por uma mudança tática muito grande, mas conseguiram assimilar isso e funcionou", afirmou.

Bem no Brasileirão, na quarta colocação após 11 rodadas, o Inter desvia o foco agora para a Libertadores. Nesta quarta-feira, às 21h50, a equipe colorada reencontra o São Paulo, sobre o qual conquistou o título da competição em 2006. A partida de volta das semifinais será na quinta da semana que vem, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.