Ali Haider/Efe
Ali Haider/Efe

Roth pede humildade ao Inter e elogia Mazembe

Treinador do time gaúcho descarta favoritismo sobre equipe congolesa em confronto da semifinal do Mundial de clubes que acontece no dia 14 de dezembro

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2010 | 18h12

O técnico Celso Roth descartou neste sábado qualquer possível favoritismo do Internacional para a semifinal do Mundial de Clubes. Além de pedir humildade aos seus jogadores, Roth comentou que o Mazembe é rápido e competitivo, o que pode tornar o confronto complicado.

 

Veja também:

link Sul-americanos podem ajudar Benítez a se manter na Inter

link Seongnam vence o Al-Wahda e enfrenta a Internazionale no Mundial

"O futebol africano está em ascensão. O Mazembe segue esta tendência e joga um futebol muito rápido, de forte marcação e competitividade. Não vai ser fácil enfrentá-los", antecipou o treinador, elogiando ainda a alegria do time adversário. "Acho isso fantástico, desde que não ultrapasse os limites. Tomara que esta alegria continue, mas não contra nós".

Preocupado com a semifinal, Roth garantiu que nenhuma equipe vence antes de entrar em campo. "Em primeiro lugar é preciso ter humildade. Sabemos que o futebol tem que ser jogado dentro de campo. Ninguém ganha antes. Confio muito na maturidade da minha equipe. Já conhecemos o clima do Mundial. Se tivermos o espírito coletivo, temos boas chances de vencer", apostou.

O Internacional faz sua estreia contra o Mazembe em 14 de dezembro. No dia seguinte, a outra semifinal do Mundial será disputada entre Inter de Milão e Seongnam Ilhwa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMundialInternacionalCelso Roth

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.