Roth reforça a marcação do Botafogo

O Botafogo precisa somar três pontos nesta quinta-feira, contra a Ponte Preta, às 20h30, no Estádio Moisés Lucarelli, para retornar à zona de classificação para a Copa Sul-Americana. Mesmo assim, o técnico Celso Roth armou a equipe de forma cautelosa. Escalou três volantes (Jonílson, Diguinho e Juca) e barrou o meia Ramon. Com isso, o meia-atacante Caio entra no time titular, no lugar de Ramon, e será o responsável por municiar o ataque formado por Reinaldo, recuperado de contusão, e Alex Alves.Além da opção por um meio-de-campo mais marcador, Celso Roth decidiu improvisar o lateral-direito Ruy na esquerda, na vaga de Bill, que está suspenso. ?A pegada tem que ser forte durante os 90 minutos?, pediu o treinador.Celso Roth reconhece que o Botafogo está devendo um bom futebol fora de casa e, por isso mesmo, pede atenção redobrada com a Ponte Preta. ?A gente tem que entrar em campo com o sinal de alerta aceso?, cobrou o técnico. ?O momento é de definição no campeonato.?O atacante Alex Alves concorda. ?É hora de superação?, avisou. Ele próprio deu mostras nesta quarta-feira de que fará qualquer sacrifício para ajudar o Botafogo. Com febre e dor de garganta, foi poupado do treino, mas garantiu que não ficará fora do jogo desta quinta. ?Vou jogar, não tenho dúvida disso.?

Agencia Estado,

26 de outubro de 2005 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.