Roth revela alívio após vitória do Inter e elogia atuação da defesa

Dois resultados positivos em sequência tiram equipe da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo

07 Outubro 2016 | 09h46

O Internacional já respira no Campeonato Brasileiro após cumprir o seu objetivo de vencer os dois jogos em sequência que teve em casa, diante de Figueirense e Coritiba, ambos rivais na luta contra o rebaixamento. Os resultados deixaram a equipe fora da zona de descenso, mesmo que sob o risco de retornar ao grupo no próximo sábado, caso o Cruzeiro supere a Ponte Preta. E o técnico Celso Roth admitiu a sensação de alívio.

"É bom. O importante é que nos jogos em casa tínhamos a obrigação de ganhar, pela qualidade técnica, por nosso momento no campeonato. Tudo isso pesava contra. Tiramos a conclusão de que precisamos seguir nesse ritmo e teremos um bom futuro. No presente, ainda cometemos erros que não podemos cometer", disse Roth após a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, na noite de quinta-feira, no Beira-Rio.

O treinador fez elogios ao rendimento do sistema defensivo do Inter, mas reconheceu que a equipe ainda comete erros em excesso no ataque. Ainda assim, celebrou que o esforço tenha sido premiado com a sofrida vitória, definida com o pênalti defendido por Danilo Fernandes e a cobrança convertida por Vitinho.

"A vitória é o mais importante. A atuação foi boa, de novo defensivamente melhor que ofensivamente. Estamos errando ainda muitas coisas, passes de menos de cinco metros, mas defensivamente o time foi seguro. A penalidade contra não sei se aconteceu, a impressão é que não foi, mas estava longe. E depois tivemos a recompensa por buscar o gol, mesmo desordenadamente e com muita pressa", afirmou.

Com a vitória, o Inter chegou aos 33 pontos, em 16º lugar no Brasileirão. O time volta a jogar na próxima quarta-feira, quando vai visitar o Botafogo, em duelo válido pela 30ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.