Roth tem dúvida na escalação do Cruzeiro para clássico com Atlético-MG

BELO HORIZONTE - O técnico Celso Roth admitiu nesta quarta-feira que ainda tem dúvida sobre a escalação do Cruzeiro para o clássico contra o Atlético-MG, domingo, no Independência, pela última rodada do Brasileirão. Ele pode ficar sem os volantes Tinga e Willian Magrão, ambos com problemas médicos, e não definiu entre Anselmo Ramon e Wellington Paulista no ataque.

AE, Agência Estado

28 de novembro de 2012 | 13h49

Willian Magrão está com uma pubalgia, enquanto Tinga sente dores na panturrilha esquerda. Assim, os dois não treinaram na manhã desta quarta-feira. Por isso, Roth manteve a dúvida quando foi perguntado se já tinha definido a equipe para o clássico. "Ainda não. Temos que esperar. Amanhã (quinta) começamos a definir", respondeu o treinador.

Ele não quis adiantar nem se irá promover o retorno de Anselmo Ramon, que cumpriu suspensão na rodada passada, ou se mantém Wellington Paulista no ataque titular. Mas, apesar das dúvidas, Roth descartou fazer mistério antes do clássico. "O que nós não vamos fazer é fechar o treinamento, vamos deixar aberto para vocês (jornalistas)", avisou.

Roth garantiu que a disputa do clássico já traz uma motivação extra para os jogadores, mesmo sabendo que o jogo não vale nada para o Cruzeiro no Brasileirão - o Atlético-MG ainda disputa o vice-campeonato. "Disse, há um mês, que nós tínhamos que terminar o campeonato com dignidade, e o estamos fazendo. E num clássico, mais ainda. A motivação num clássico é redobrada", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCelso Roth

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.