Roth verá estréia das arquibancadas

Para esquecer a eliminação na Copa do Brasil no meio de semana para o Ceará e estrear no Campeonato Brasileiro com uma vitória sobre o Cruzeiro, às 18 horas, no Maracanã, a diretoria do Flamengo anunciou na tarde desta sexta-feira a contratação do técnico Celso Roth em substituição a Cuca. Embora não vá comandar a equipe neste sábado - deixará a tarefa com o interino Andrade -, o treinador deve ir ao estádio para acompanhar a partida. E, assim, poder analisar o elenco que possui para trabalhar. Provavelmente, constatará que é necessário contratar reforços. Roth é o terceiro técnico do Flamengo na temporada. O Rubro-Negro começou o ano com Júlio César Leal, depois trocou para Cuca e agora aposta no temperamento forte e disciplinador do novo treinador para mudar o atual quadro de campanhas decepcionantes no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil. Roth já havia sido convidado antes para o cargo, logo depois da demissão de Cuca há duas semanas, mas como pediu um salário muito alto, acabou não chegando a um acordo com a diretoria. Depois, os dois lados cederam. Enquanto Celso Roth não assume, Andrade, que comanda a equipe pela quinta vez, terá a árdua missão de fazer o Flamengo vencer o Cruzeiro. Para tanto, optou por barrar três jogadores: o lateral-direito Ricardo Lopes, o meia Adrianinho e o atacante Alessandro. Entram na equipe titular Fábio, Renato e Fabiano Oliveira, respectivamente. SONHO - O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Luiz Zveiter, disse nesta sexta que não existe a menor possibilidade de o Flamengo ser beneficiado na Copa do Brasil com uma possível punição ao Ceará. O clube nordestino entrou na Justiça Comum no ano passado a fim de adiar a decisão do Campeonato Cearense. A pena para esta atitude poderia ser a exclusão da competição nacional, o que recolocaria o Rubro-Negro na disputa. "Uma coisa não tem a ver com outra. Na Copa do Brasil, o Ceará pode continuar. O problema está no Campeonato Cearense", afirmou o presidente do STJD, eliminando o sonho do Flamengo em seguir na disputa.

Agencia Estado,

23 Abril 2005 | 11h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.