?Rs? do penta agitam futebol europeu

Os três "Rs" que foram fundamentais para o Brasil conquistar o pentacampeonato mundial continuam em evidência. Mesmo por motivos distintos, chamam a atenção, por se tratar de astros. Ronaldo Gaúcho vê seu prestígio crescer no Paris Saint-Germain. Já Ronaldo levou reprimenda (assim como os demais jogadores) pela derrota do Real Madrid no sábado. Rivaldo foi exuberante na goleada do Milan, no domingo, mas se contundiu e é dúvida para o jogo contra o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões.O técnico Luiz Fernandez se derreteu em elogios para Ronaldinho Gaúcho, a quem considerou fundamental nos 2 a 1 sobre o Troyes, na rodada de domingo. O meia-atacante brasileiro fez um gol e atormentou a zaga rival. Com o resultado, o PSG foi ao terceiro lugar, com 20 pontos, um menos do que Nice e Auxerre. Com a rasgação de seda, Fernandez também tenta acabar com os rumores de que não gosta do ídolo revelado pelo Grêmio. Ambos andaram trocando ironias algum tempo atrás.Bronca não faltou para Ronaldo - e para os outros componentes do time de astros do Real Madrid. O técnico Vicente del Bosque ficou decepcionado com o desempenho da equipe, na derrota por 2 a 0 para o Racing Santander, e exige reação imediata nesta terça-feira, na partida com o AEK também pela Liga dos Campeões.Ronaldo também se viu envolvido em mal-entendido entre seu clube atual e a Internazionale. O presidente da equipe milanesa, Massimo Moratti, admitiu que os espanhóis atrasaram depósito da primeira parcela do pagamento da compra do passe do craque. "Até o grande Real Madrid tem seus problemas financeiros", disse Moratti. "Deve ser alguma questão administrativa." Porta-voz do Real garante, porém, que "está tudo dentro dos prazos".Rivaldo viveu nesta segunda-feira seu primeiro dia como herói do Milan. Jornais e emissoras de televisão abriram espaço para destacar sua atuação na goleada de 4 a 1 sobre a Atalanta. O brasileiro fez um golaço e participou de outros dois. O time lidera o Campeonato Italiano, junto com a Inter, e já é chamado de nova versão do "Milan-show", em comparação à equipe que brilhou no fim dos anos 80 e começo da década passada. Mas Rivaldo deixou o campo com dores na coxa e não tem presença garantida para quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.