Staff Imagens / Flamengo
Staff Imagens / Flamengo

Rueda admite responsabilidade por derrota do Flamengo em Porto Alegre

Na avaliação do técnico, empate do Grêmio abalou a equipe

Estadão Conteúdo

06 Novembro 2017 | 08h58

O técnico Reinaldo Rueda assumiu a responsabilidade pela dura derrota do Flamengo para o Grêmio, neste domingo, pelo Brasileirão. Jogando em Porto Alegre, o time carioca abriu o placar, mas levou a virada no segundo tempo e terminou a partida derrotado por 3 a 1. O resultado afastou o Fla dos primeiros colocados da tabela.

+ Flamengo busca empate heroico com Flu e vai para semifinal da Sul-Americana

+ Por doping, Fifa suspende provisoriamente Guerrero por 30 dias

"Hoje eu perdi a partida. Não sei a estratégia. Buscamos o resultado positivo desde o começo e o jogo estava controlado. O Grêmio tinha grande circulação de posse de bola e vocação ofensiva. Até o 1 a 0 a favor, tudo estava funcionando", ponderou o treinador, ainda surpreendido pela reviravolta no jogo.

Para Rueda, o empate do Grêmio acabou abalando a confiança do Flamengo. "Apresentamos muita ordem, agressividade e disposição quando a partida estava 1 a 0, controlamos bem o confronto. Com o empate, deveríamos seguir jogando dessa forma e buscando o resultado. O 1 a 1 não era bom para nós, mas era melhor do que perder. Sobretudo perder o controle, como perdemos", afirmou.

Na sua avaliação, o time carioca não soube "trabalhar o jogo" para recuperar a dianteira no placar. "Depois do empate, não pela estratégia, escalação, mas como se assimila. 1 a 1 não é a morte. É placar para trabalhar e buscar o jogo", declarou o técnico.

Com o revés, o Flamengo estacionou nos 47 pontos e caiu para o sétimo lugar da tabela, ainda dentro da zona de classificação para a Copa Libertadores - o G6 virou G7 por causa da presença do Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, entre os primeiros colocados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.