Fábio Motta / Estadão Conteúdo
Fábio Motta / Estadão Conteúdo

Rueda exalta entrega de jogadores do Fla após triunfo sobre Vitória fora de casa

Time da Gávea conseguiu os três pontos com uma virada no Barradão

Estadão Conteúdo

04 de dezembro de 2017 | 08h58

O técnico do Flamengo, Reinado Rueda, destacou a raça e a entrega dos jogadores ao comemorar o triunfo da equipe neste domingo sobre o Vitória por 2 a 1, de virada, no Barradão, em Salvador, na última rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado garantiu o clube rubro-negro carioca na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018.

+ Confira classificação final do Brasileiro Série A

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 56 pontos e terminou o Brasileirão na sexta colocação. A equipe ainda tem a chance de festejar um título antes do fim da temporada, pois decide a Copa Sul-Americana contra o Independiente, a partir da próxima quarta-feira, na Argentina - o segundo jogo será disputado no dia 13, no Maracanã.

"Estou feliz pelos meus atletas, orgulhoso deles por esse coração, essa entrega. Foi uma semana bem-sucedida e importantíssima para o Flamengo com a vitória em Barranquilla e hoje o time mostrou mais uma vez o caráter em um desafio tão difícil. Era uma partida que exigiu muito fisicamente das duas equipes pelos objetivos de cada um. Tivemos um bom desempenho em um confronto complicado pelo desgaste", exaltou o técnico em entrevista coletiva após a partida.

Reinado Rueda também elogiou a atuação do meia Diego, que fez o segundo gol do time flamenguista em uma cobrança de pênalti nos acréscimos da segunda etapa da partida. Para o comandante, o meia demonstrou caráter e profissionalismo em campo após uma desgastante decisão diante do Junior Barranquilla.

"Tenho que aplaudi-lo pelo profissionalismo. Fez grande jogo em Barranquilla que gerou um desgaste altíssimo. Mas ele dá uma pausa na partida, deixa que a defesa se recupere. Diego tem liderança e organização. Era para ele jogar 45 minutos, mas no intervalo disse que ia até a morte, até o final. Sua integridade e profissionalismo faz com que suporte o jogo todo como hoje", complementou.

Já Diego fez questão de dividir com o restante do elenco os elogios pelo empenho ao celebrar a classificação para a competição continental obtida com a vitória sobre o time rubro-negro baiano. O jogador também ressaltou a concentração do grupo para lutar pelo segundo título na temporada - o primeiro foi a conquista do Campeonato Carioca.

"Nós temos uma possibilidade de conquistar mais um título nessa temporada e iremos atrás dele com todas as nossas forças. Estamos classificados diretamente para a Libertadores. Somos a equipe que, se não me engano, mais venceu nessa temporada, com o ataque mais positivo. Então, as coisas boas devem ser lembradas, pois é com esforço que se conquista isso. Hoje a recompensa veio e fico muito feliz. Todos chutamos aquele pênalti juntos. Jogadores, diretoria, torcida. Conseguimos um objetivo muito importante e fico feliz por ter participado disso", enfatizou Diego.

Curiosamente, o êxito do Flamengo beneficiará diretamente o maior rival estadual. A conquista da sul-americana pelo time rubro-negro abrirá mais uma vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores pelo Campeonato Brasileiro.

Neste caso, o Vasco, que terminou o Nacional em sétimo lugar, com 56 (atrás do Flamengo nos critérios de desempate) e disputaria uma fase preliminar da Libertadores, avança na tabela e passa a estar entre os clubes que passam direto para a fase de grupos do torneio continental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.