Rússia chama investigação sobre Fifa de aplicação 'ilegal' de leis dos EUA

O Ministério das Relações Exteriores russo disse nesta quarta-feira que as detenções de autoridades relacionadas com a Fifa pareciam ser uma tentativa ilegal dos Estados Unidos de impor suas leis em Estados estrangeiros.

REUTERS

27 de maio de 2015 | 13h52

"Sem entrar em detalhes sobre as acusações que foram levantadas, apontamos para o fato de que este é outro caso de aplicação extraterritorial ilegal de leis norte-americanas", afirmou o ministério em um comunicado em seu site.

A pasta disse ainda que espera que as prisões não sejam usadas para manchar a imagem da Fifa e não coloquem uma sombra sobre as decisões da organização, incluindo as decisões de ordem pessoal.

"Mais uma vez, pedimos que Washington pare de tentar constituir-se como um juiz muito além de suas fronteiras e siga os procedimentos legais internacionais", acrescentou o ministério.

(Reportagem de Lidia Kelly)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTRUSSIACRITICAEUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.