Pawel Kopczynski / Reuters
Pawel Kopczynski / Reuters

Rússia pede à Uefa para sediar abertura da Eurocopa de 2020 em São Petersburgo

Outros quatro estádios concorrem pela primeira partida do torneio continental

Estadão Conteúdo

28 Novembro 2017 | 11h10

A Federação de Futebol da Rússia pediu à Uefa nesta terça-feira que escolha o estádio Krestovsky, em São Petersburgo, como sede da abertura da Eurocopa de 2020. A competição entre seleções, daqui a três anos, será disputada em 13 países.

+ Fifa anuncia 98% dos ingressos da Copa vendidos em 2ª fase de comercialização

+ Com o fim das Eliminatórias, Fifa divulga potes do sorteio dos grupos da Copa

A entidade russa fez o pedido porque nesta terça a Uefa anunciou que tomará a decisão no dia 7 de dezembro. O estádio, construído para a Copa do Mundo, sedia jogos do Zenit St. Petersburg. Neste ano, foi palco de partidas da Copa das Confederações, como o de abertura e a final.

Inaugurada neste ano, a arena sediará sete jogos do Mundial de 2018, incluindo uma das semifinais e o duelo do terceiro lugar. O estádio com capacidade para receber 68.134 torcedores está na disputa para sediar a abertura da Eurocopa de 2020 com outras quatro arenas: a Arena Johan Cruyff, em Amsterdã; o Eurostadium, em Bruxelas; o Hampden Park, em Glasgow; e o Estádio Olímpico de Roma.

O estádio de Bruxelas não está totalmente garantido na disputa. Assim, o Principality Stadium, em Cardiff, no País de Gales, e o Friends Arena, em Estocolmo, podem entrar na briga, no lugar da arena belga. A Uefa decidirá sobre os estádios em disputa até a próxima semana.

A decisão final da entidade está marcada para o dia 7, dois dias depois de outra determinação importante. No dia 5, o Comitê Olímpico Internacional (COI) vai anunciar se a Rússia poderá disputar os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018. O país tenta, assim, virar forte concorrente de grandes eventos internacionais para pressionar as autoridades em nível político.

No mesmo dia 7, em que anunciará a sede de abertura da Eurocopa de 2020, a Uefa vai sortear pares de cidades que receberão jogos dos seis grupos da competição, que terá 24 seleções na disputa.

Os locais que sediarão partidas da fase de grupos, além daqueles em disputa para sediar a abertura, são: Estádio Olímpico de Baku; estádio San Mames, em Bilbao; National Arena, em Bucareste; Ferenc Puskas Stadium, em Budapeste; Parken Stadium, em Copenhague; Aviva Arena, em Dublin; e Allianz Arena, em Munique.

O tradicional estádio de Wembley já está definido como sede das partidas das semifinais e da grande decisão na Euro 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.