Reprodução
Reprodução

Rússia quer 3 pontos após jogo ser suspenso em Montenegro

Partida foi paralisada no meio do 2.º tempo, com 0 a 0 no placar

Estadão Conteúdo

28 Março 2015 | 09h25

A Rússia quer ficar com os três pontos da partida contra Montenegro, suspensa sexta-feira em Podgorica depois de diversas confusões em campo, o que incluiu um morteiro acertando e ferindo o goleiro da Rússia, Akinfeev. Até agora a Uefa não se manifestou sobre o resultado final do jogo, paralisado definitivamente aos 22 minutos do segundo tempo, com placar em 0 a 0, e que vale pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

"No nosso ponto de vista, deveria ser declarada derrota técnica de Montenegro", afirmou, em comunicado, o presidente da União Russa de Futebol, Nikolai Tolstykh. O dirigente reclamou que sua seleção foi forçada pelo delegado da Uefa Barry Bright a continuar jogando mesmo depois de o morteiro acertar Akinfeev. "Nós vamos fazer um protesto", garantiu.

Ainda de acordo com nota emitida pelos russos, Akinfeev foi tratado em um hospital da capital montenegrina com queimaduras leves e uma lesão no pescoço. Ele também sofreu uma concussão, mas vai voltar com a delegação para Moscou normalmente. O Alan Dzagoev também teria sido atingido, mas por moedas, jogadas pela torcida enquanto recebia tratamento médico.

CENAS LAMENTÁVEIS
Antes mesmo do cronômetro completar um minuto de jogo, o goleiro russo Akinfeev foi atingido por um morteiro no pescoço. Ferido, precisou deixar o gramado e foi imediatamente encaminhado a um hospital.

O jogo foi paralisado e teve reinício após meia hora e se encaminhava para um empate por 0 a 0 quando, aos 21 minutos da etapa final, a Rússia teve um pênalti a seu favor. Shirokov bateu e o goleiro montenegrino Poleksic defendeu.

Imediatamente após a cobrança, aconteceu uma nova confusão, desta vez generalizada. Jogadores e integrantes das comissões técnicas foram para cima uns dos outros, enquanto o clima nas arquibancadas continuava a esquentar. Os russos, assim como o árbitro, então, correram para o vestiário, e a partida foi suspensa novamente, mas desta vez definitivamente.

Enquanto a Uefa não define o resultado da partida, as duas equipes seguem empatadas em número de pontos no Grupo G das Eliminatórias, com cinco. Os russos são os terceiros colocados, à frente de Montenegro, que é o quarto, no saldo de gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.