Antonov Mladen/AFP
Antonov Mladen/AFP

Rússia revela que 89% dos ingressos da Copa do Mundo já foram vendidos

Metade das 2,3 milhões de entradas ficaram com torcedores russos, seguidos de fãs dos EUA, Brasil e Alemanha

Estadão Conteúdo

03 Maio 2018 | 17h18

Faltando pouco mais de um mês para o início da Copa do Mundo, a Rússia revelou nesta quinta-feira que 89% dos ingressos disponíveis já foram vendidos, o equivalente a 2,3 milhões de bilhetes. Metade das entradas ficaram com torcedores russos, seguidos de fãs dos Estados Unidos, Brasil e Alemanha.

+ Confira o noticiário da Copa da Rússia

Mesmo com os EUA fora da Copa, os torcedores norte-americanos se destacaram na aquisição dos ingressos. Curiosamente, foram eles que mais compraram bilhetes para o jogo entre Espanha e Portugal, pelo Grupo B. A partida, uma das mais aguardadas da fase de grupos, será disputada em Sochi.

Os dados foram revelados em evento do Comitê Organizador da Copa do Mundo, na mesma cidade, com a participação do diretor geral da entidade, Alexey Sorokin, do presidente da Fifa, Gianni Infantino, e do próprio presidente russo, Vladimir Putin.

Na visita desta quinta, Putin e Infantino foram até o gramado do local e também supervisionaram os vestiários do estádio, que anteriormente abrigou as cerimônias de abertura e de fechamento dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. No palco com capacidade para receber 45 mil torcedores, o presidente russo afirmou o que o seu país já "praticamente terminou" os preparativos para a Copa.

A última fase de venda de ingressos para o Mundial teve início no dia 18 do mês passado. Esta fase vai até o fim da competição ou até estarem esgotadas todas as entradas para o Mundial. Nesta nova etapa, os torcedores podem comprar ingressos online, sujeitos a disponibilidade, em tempo real e por ordem de chegada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.