Reprodução
Reprodução

Ruy 'Cabeção' se torna advogado e inclui conquistas no futebol em seu currículo profissional

Ex-lateral direito, com passagens por Cruzeiro, Fluminense e Grêmio, comemora em suas redes sociais a aprovação na prova da OAB, uma das mais concorridas do Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2022 | 11h43
Atualizado 27 de julho de 2022 | 12h10

De forma inusitada, o ex-lateral direito Ruy "Cabeção", como era chamado no mundo do futebol, com passagens por grandes clubes brasileiros, anunciou na última semana por meio de suas redes sociais sua aprovação na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O ex-jogador havia se formado em 2020 na Faculdade de Direito Milton Campos.

Com isso, Ruy passará a exercer oficialmente a profissão de advogado. O ex-jogador brincou com o fato inusitado em publicação no Instagram. "Dos campos de futebol, correndo pela lateral-direita para o direito". Além disso, comentou sobre seu método de estudos, de forma bem humorada. "Fórmula de estudo para aprovação na OAB, método BNC ( bunda na cadeira), horas de estudo, determinação, disciplina e persistência", comentou.

"Após solenidade personalíssima de entrega da carteira da OAB-MG, sou advogado", afirmou Ruy. "Erga essa cabeça, mete o pé e vai na fé! Obrigado a todos que torceram e fizeram suas orações. O sucesso só vem antes do trabalho no dicionário", escreveu.

Ruy anunciou a aposentadoria em 2015, após 16 anos como profissional no futebol. O jogador teve passagens pelo Fluminense, Cruzeiro, Grêmio e Operário - último clube que defendeu. Ao término de sua trajetória nos gramados, o atleta se dedicou aos estudos e ao curso de Direito. A repercussão entre seus seguidores, a respeito da conquista de sua carteira da OAB, emocionou Ruy. Em suas redes sociais, ele afirmou que, no primeiro momento, "estava com vergonha de retornar à faculdade". "No primeiro dia, até cheguei atrasado e de boné, mas a professora pediu para eu tirar. Acredite em seus sonhos e corra atrás de seus objetivos. Deus ajuda!", concluiu.

Agora atuando no escritório de advocacia "Boson, Bastos, Abreu", Ruy inclui as conquistas no futebol em seu currículo, disponível para acesso no site oficial da empresa. Como fatos relevantes destacam-se as conquistas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro de 2003, o tricampeonato mineiro entre 2001 e 2003, a Taça Guanabara de 2006, sua passagem pelo futebol húngaro e por todas as quatro divisões do Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.