S. Caetano anuncia acerto com Edílson

Preocupado com a mácampanha no Campeonato Brasileiro, em 11º lugar, com 14 pontos,a diretoria do São Caetano resolveu contratar o polêmico meiaEdilson. A expectativa é pela presença do jogador, nestaterça-feira pela manhã, no clube para realizar exames médicos eassinar contrato. A dúvida se deve ao fato dele não seapresentar ao Cruzeiro-MG, há duas semanas, tendo adiado váriasvezes o acerto. Depois disso, Edilson tentou acertar com oBrasiliense-DF, onde está atuando o amigo Vampeta, mas acabourejeitado pelo presidente Luiz Estevão. Pentacampeão mundial coma Seleção Brasileira na Copa de 2002, o atacante de 34 anosficará no Azulão até o f inal do Campeonato Brasileiro. Após umabateria de exames médicos na manhã de terça-feira, o"Capetinha" já deverá participar do treino à tarde. Se tudoder certo, ele poderá até estrear contra a Ponte Preta, sábado,no ABC, quando o Azulão tentará se re abilitar das derrotas paraSantos e Internacional. O baiano Edilson da Silva Ferreira começou a carreira napequena cidade paulista de Tanabi, em 1991, e de lá, foi para oGuarani, onde explodiu no ano seguinte. Em 1993, integrou otimaço do Palmeiras montado pela multinacional italiana Parmalat onde se sagrou bicampeão paulista e brasileiro em 1993 e 1994.Do Parque Antártica, foi para o Benfica-POR e para o KashiwaReysol-JAP. Na volta ao Brasil, defendeu o Corinthians, sendocampeão paulista em 1997 e bi no brasileiro em 1998 e 1999, alémdo Mundial da FIFA em 2002. Edilson saiu brigado do Parque sãoJorge em 2000 e foi para o Flamengo, onde ficou pouco tempo,tendo depois defendido o Cruzeiro em 2002 e o Vitória, no anopassado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.