S. Caetano desmente negócio de César

Temendo a repercussão negativa da iminente venda do lateral-esquerdo César para o Barcelona (Espanha), por cerca de US$ 7 milhões, o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira de Souza, desmentiu que o negócio já estaria fechado. "Jamais disse isso", jurou o dirigente, que teria anunciado a venda do seu maior craque, agora na seleção brasileira, durante a viagem do clube para o México, onde o time enfrentou o Cruz Azul na quarta-feira.Os jornais mexicanos destacaram as qualidades do lateral do São Caetano, o mais novo convocado por Émerson Leão para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. As palavras do presidente sobre o negócio com o Barcelona foram descritas no jornal ?El Excelsior?, da Cidade do México. "Não disse nada daquilo", protestou Nairo Ferreira.O presidente do São Caetano disse, porém, que recebeu várias sondagens sobre César e que ele até pode ser negociado ao final do Campeonato Paulista, prioridade do time após a nova derrota dentro da Copa Libertadores, por 1 a 0, para o Cruz Azul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.