S. Caetano está pronto para estréia

O São Caetano inicia nesta quarta-feira sua caminhada rumo ao Título da Taça Libertadores da América, enfrentando o Cobreloa, no Chile. O jogo começa às 16 horas (horário de Brasília), no estádio da cidade de Calama.Depois de uma boa campanha em 2001, quando chegou às quartas-de-final da competição, sendo eliminado pelo Palmeiras nos pênaltis, o pensamento do elenco e da comissão técnica é chegar ainda mais longe desta vez.O time perdeu alguns de seus principais jogadores, casos do atacante Magrão e do volante Simão, mas trouxe outras peças de reposição. Chegaram ao estádio Anacleto Campanella o atacante Somália, o meia Marco Aurélio e os volantes Marcos Senna e Bruno Quadros. "O time não perdeu sua força ofensiva. Alguns jogadores saíram, mas outros chegaram para nos ajudar a alçar vôos mais altos este ano", garante o técnico Jair Picerni.Apesar do otimismo, o Azulão tem alguns problemas para enfrentar o Cobreloa. O goleiro Sílvio Luiz, com um estiramento muscular no cotovelo, dá lugar a Luciano. Na defesa, Daniel, servindo a seleção brasileira, dá lugar a Serginho, que vinha atuando como volante. O meia Ailton também fica de fora, porque foi expulso na Libertadores do ano passado. O atacante Müller, machucado, nem viajou com a delegação, nesta terça-feira cedo.Para o meio-campo, Bruno Quadros ganha sua primeira chance como titular. O time terá, desta forma, quatro volantes: Bruno Quadros, Marcos Senna, Adãozinho e Marlon."Desde que cheguei ao São Caetano estou trabalhando à espera de uma vaga entre os titulares. Esta hora chegou e pretendo ajudar a conseguir estrear com uma boa vitória", acredita o estreante Bruno Quadros.O São Caetano vai jogar com Luciano; Russo, Serginho, Dininho e Rubens Cardoso; Marlon, Bruno Quadros, Marcos Senna e Adãozinho; Anaílson e Somália. Já o Cobreloa foi escalado pelo técnico Víctor Merello com Claudio Melo; Fuentes, Cristián Gómez, Vergara e Olivares; Abdala, Meléndez, Pérez e Zanello; Galaz e Madrid. A partida, que será disputada em Calama, vai ser dirigida pelo árbitro paraguaio Atilio Invernizzi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.