S. Caetano perde Adhemar e contrata Euller

O São Caetano fez uma troca no seu ataque. Adhemar, maior artilheiro da história do clube, está indo para o futebol coreano, mas em seu lugar já foi contratado Euller, o chamado "Filho do Vento", que há duas semanas foi reprovado nos exames médicos do Fluminense por problemas musculares. O meio-campista Lúcio Flávio, do Atlético Mineiro, também é reforço para o técnico Tite e se apresentou nesta segunda-feira à tarde no estádio Anacleto Campanella.A saída de Adhemar foi anunciada domingo momentos antes do jogo com o Santos, na Vila Belmiro, quando saiu a escalação com Triguinho na ala-esquerda e Zé Carlos no ataque ao lado de Somália. Mas a direção não revelou valores, forma de acerto e nem o nome do novo clube do atacante. Ele marcou 68 gols pelo Azulão, mantendo-se na ponta dos artilheiros do clube.O atacante Euller, ex-Vasco, Palmeiras e Kashima Antlers está com 32 anos e ansioso por disputar tanto o Campeonato Paulista como a Taça Libertadores da América. Ele assinou contrato de 11 meses, até dezembro. "Estou feliz pelo acerto e prometo dar o máximo para ajudar o São Caetano a conquistar o título da Libertadores", declarou Euller, que já participou de quatro edições do torneio.Em 1994, pelo São Paulo, foi vice-campeão. Em 1999, pelo Palmeiras, conquistou a Taça. Ele ainda disputou as edições d e 2000, pelo mesmo Palmeiras, e 2001 pelo Vasco. Outro objetivo é buscar a marca de 250 gols na carreira. Ele já fez 205 gols, 21 deles marcados pelo Kashima Antlers, do Japão, no Torneio dos Campeões Asiáticos, onde disputou 54 jogos.Outro reforço - No final de semana, a diretoria também acertou a vinda do meio campo Lúcio Flávio, de 24 anos, que estava no Atlético Mineiro. Mas ele ganhou o passe do Paraná, que lhe devia salários. O São Caetano assumiu a multa rescisória, com valor n ão divulgado, e as pendências salariais. Só que o jogador assinou contrato por quatro anos. Esta é sua segunda passagem pelo futebol paulista. Em 2002 esteve emprestado ao São Paulo, onde foi pouco aproveitado. Depois defendeu Coritiba e Atlético-MG.Ele era a primeira opção depois de Tinga, que trocou o Grêmio pelo Sporting de Portugal. Desta forma, a volta de Claudecir, do Palmeiras, está praticamente descartada.O São Caetano, agora, se prepara para o confronto com o Santo André, no clássico regional que já foi disputado na Primeira Divisão paulista. O jogo será quarta-feira, às 20h30, em São Caetano.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2004 | 14h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.