S. Caetano promete atacar Corinthians

O Corinthians terá dificuldades contra o São Caetano, atual vice-campeão brasileiro, nesta quarta-feira à noite, às 21h40, no estádio Anacleto Campanella, quando eles se enfrentam pela 11ª rodada do Rio São Paulo. A inesperada derrota para o Botafogo, por 2 a 1, em Caio Martins, não deixou outra alternativa ao time de Jair Picerni do que buscar a vitória a qualquer custo. O técnico mantém o esquema tático ofensivo mas sabe que terá um adversário forte pela frente. "É um time perigoso, tem um técnico muito bom, mas o São Caetano é capaz de deixar o campo com três pontos", aposta Picerni. As contas também dominaram os últimos treinos do time do ABC. A equipe soma 16 pontos e ocupa a sexta posição. "Só estamos a três pontos do quarto colocado, o que mostra que podemos chegar lá nas últimas rodadas", prevê o técnico. "Este jogo será especial para mim e não pretendo perder de jeito algum", comentou o goleiro Sílvio Luis, personagem principal do São Caetano, a fazer seu jogo de número 200 com a camisa do clube. Picerni realizou um treino tático pela manhã desta terça-feira e um rachão à tarde, iniciando depois a concentração. Alterações - O São Caetano terá duas mudanças. O lateral-esquerdo Rubens Cardoso foi expulso diante do Botafogo e será substituído por Marcos Paulo. O volante Serginho foi vetado pelo departamento médico por conta de uma contratura muscular na coxa direita. Messias e Marlon brigam pela vaga, já que os dois jogadores têm a mesma característica de marcação. O meia-atacante Anaílson, sentindo dores no tornozelo, também está vetado e deixa de ser opção no banco de reservas porque Wágner tem sido o titular nos últimos cinco jogos. A diretoria aguarda um público próximo a 10 mil torcedores. Os ingressos começaram a ser vendidos nesta terça-feira.

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 18h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.