S. Caetano reage e empata com Cruzeiro

Cruzeiro e São Caetano empataram neste domingo à tarde, no Mineirão, em 2 a 2, na estréia dos dois times no Campeonato Brasileiro. Resultado festejado pela equipe paulista, que perdia por 2 a 0 e chegou à igualdade no final do jogo. Enquanto pelo lado do Cruzeiro o meia Alex mais uma vez desequilibrou, marcando os dois gols do time da casa, no Azulão o destaque ficou por conta do oportunismo de Capixaba, autor dos gols do São Caetano. O empate deixou bastante irritada a torcida celeste presente ao estádio da Pampulha, que já contava com os três pontos. "O jogo estava nas mãos, quem entregou foi o Cruzeiro", reclamou Alex após o jogo. O São Caetano iniciou a partida com uma postura cautelosa e defensiva, esperando o Cruzeiro em seu campo. A tática adotada pelo técnico Mário Sérgio surtiu efeito e o Azulão conseguiu segurar o time mineiro até aos 37 minutos do primeiro tempo. Foi quando Alex, numa bela jogada, encobriu o goleiro Silvio Luiz para fazer 1 a 0. Na volta do intervalo, Mário Sérgio decidiu dar mais poder ofensivo à sua equipe e colocou em campo o atacante Anaílson, que entrou no lugar do lateral Rafael. Mas, logo a um minuto da etapa final, num rápido contra-ataque cruzeirense, o lateral-direito Maurinho invadiu a área adversária e serviu Alex, que concluiu com tranqüilidade, ampliando a vantagem do time da casa. Porém, a equipe paulista respondeu rápido e diminuiu quatro minutos depois, contando com a ajuda do goleiro celeste. O atacante Ademar cobrou de longe uma falta e Gomes não conseguiu segurar a bola, que sobrou para Capixaba completar para o gol vazio. O São Caetano pressionou e criou oportunidades para chegar ao empate, que veio aos 44 minutos. O goleiro Gomes falhou novamente ao repor a bola em jogo, propiciando um ataque do adversário. Após o cruzamento de Paulinho, novamente bem colocado, Capixaba fez o seu segundo gol na partida, igualando o marcador. Mário Sérgio destacou que o time viajou para Belo Horizonte com quatro desfalques, mas disse ter ficado satisfeito com a atuação da equipe. "O time foi muito bem. Tanto no primeiro tempo, quando nós abrimos mão um pouquinho da parte ofensiva, quanto no segundo tempo, quando nós arriscamos tudo. Portanto, acho que foram dois tempos distintos, mas com resultados justos". No próximo domingo, o Cruzeiro enfrenta o São Paulo, no Morumbi, e o São Caetano recebe o Criciúma, no Anacleto Campanella. Ficha Técnica: Cruzeiro 2 x 2 São Caetano Gols: Alex, aos 37 minutos do 1º tempo. Alex, a um minuto; Capixaba, aos cinco e aos 44 minutos do 2º tempo. Cruzeiro: Gomes, Maurinho, Thiago, Edu Dracena e Leandro Silva; Augusto Recife, Paulo Miranda (Claudinei), Martinez (Wendell) e Alex; Deivid e Aristizábal (Marcelo Ramos). Técnico: Vanderlei Luxemburgo. São Caetano: Silvio Luiz; Rafael (Anaílson), Marco Aurélio, Serginho e Fábio Santos (Paulinho); Mineiro, Marlon, Raulen (Edson Batatais) e Marco Aurélio; Capixaba e Adhemar. Técnico: Mário Sérgio. Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS).Cartões amarelos: Daniel, Marco Aurélio, Claudinei, Edson Batatais. Renda: R$ 100.003, 00. Público: 10.705 pagantes. Local: Mineirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.