S. Caetano será "cuidadoso" contra o Fla

Cautela e paciência. Estas são as receitas que o técnico Mário Sérgio passou aos jogadores do São Caetano como necessárias para superar o Flamengo, nesta quarta-feira à noite, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo começa às 21h40 no estádio Anacleto Campanella.Mesmo respeitando o adversário, o São Caetano promete fazer de tudo para vencer, mantendo a meta de sua comissão técnica: vencer em casa e somar pontos fora. Esta filosofia já foi adotada nos últimos anos e passou a ser mais importante com a competição na forma de pontos corridos. O Azulão tem cinco pontos em três jogos, dois deles disputados fora de casa. Em São Caetano, venceu o Criciúma, por 3 a 2.Nos últimos dias, Mário Sérgio enalteceu muito o adversário. Sua preocupação é com a habilidade do meio-campo, citando como exemplos Athirson e Felipe. "Além disso, o Flamengo ganhou força e velocidade com o (técnico) Nelsinho Baptista", argumenta.A cautela pedida pelo técnico pode ser evidenciada na formação tática provável para segurar o adversário: o 3-5-2. Dininho, recuperado de contusão, faz sua estréia no campeonato ao lado de Daniel e Serginho. O volante Mineiro atuará como ala-direito e Zé Carlos como ala-esquerdo. O meio-campo será extremamente marcador com Marco Aurélio, Capixaba e Raulen. No ataque, Marcinho e Adhemar.A paciência pode ser entendia pela ordem de, inicialmente, neutralizar as ações do adversário, com uma marcação forte, individual às vezes, encurtando os espaços da saída de bola. Só depois é que o time vai atacar, sempre buscando alternativas pelas laterais e com a chegada "surpresa" de algum homem do meio-campo. O respeito ao Flamengo é justificado também fora de campo. A própria diretoria do São Caetano admite que a torcida carioca poderá ser maior, mesmo no Anacleto Campanella.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.