Celio Messias - 27/3/2013
Celio Messias - 27/3/2013

Saiba por onde andam os jogadores do Palmeiras goleados pelo Mirassol

Fernando Prass, que levou seis gols, virou ídolo da torcida alviverde

O Estado de S. Paulo

22 de março de 2017 | 11h00

Palmeiras e Mirassol voltam a se encontrar no Campeonato Paulista nesta quarta-feira, às 20h30, depois de quase quatro anos. As lembranças do dia 27 de março de 2013 não são boas para o torcedor palmeirense, que ainda não esqueceu a goleada sofrida por 6 a 2. Mas o time evoluiu, se consagrou com os títulos Copa do Brasil (2015) e do Campeonato Brasileiro (2016) e viu o goleiro Fernando Prass virar ídolo.

Relembre quem esteve em campo pelo Palmeiras e saiba onde estão os jogadores:

Fernando Prass

O goleiro, que levou seis gols, tinha apenas três meses no clube e lutava para se firmar. Desde então, Prass conquistou a confiança dos torcedores, acumulou títulos e virou ídolo dos palmeirenses.

Weldinho

Quando deixou o Palmeiras, o lateral-direito foi emprestado ao Sporting B, de Portugal. Passou também por Oeste, Brasil de de Pelotas e agora está no futebol catarinense. Aos 26 anos, Weldinho defende o Figueirense e vai disputar a Série B do Brasileiro.

Ayrton

O lateral-direito vestiu a camisa do Paysandu no início da temporada. Depois de deixar o Palmeiras, Ayrton defendeu o Vitória por empréstimo, passou por Flamengo e esteve no elenco do Figueirense, rebaixado no Campeonato Brasileiro. 

André Luiz

Hoje com 37 anos, o ex-zagueiro encerrou a carreira no Palmeiras. André Luiz se aposentou ao término de seu contrato em 2013. 

Marcos Vinicius

Responsável pelo gol contra a favor do Mirassol, o zagueiro acertou com o XV de Piracicaba e disputa a Série A2 do Campeonato Paulista nesta temporada. Marcos Vinicius também passou por Red Bull Brasil, Santo André, Vitória de Setúbal (Portugal), entre outros.

Juninho

O lateral-esquerdo, que defendeu o Palmeiras entre 2012 e 2014, está no Casaquistão. Juninho foi emprestado pelo Goiás, onde disputou a Série B no ano passado, ao Aktobe por um ano. 

Márcio Araújo

O volante veste a camisa do Flamengo desde 2014 e tem contrato com o clube rubro-negro até o fim da temporada 2017. Durante sua passagem pelo Palmeiras foi bastante criticado pelos torcedores. 

Léo Gago

O Cianorte confirmou o volante como reforço para a disputa o Campeonato Paranaense. Aos 33 anos, Léo Gago chegou a jogar na várzea e conquistou o título da Suburbana pelo Iguaçu, clube amador de Curitiba.

João Denoni

Com contrato até o meio de 2017, o volante está encostado e tem treinado separado do restante do grupo do Palmeiras. João Denoni foi emprestado ao Oeste, seguiu para o Atlético-GO e jogou no Ituano até sofrer uma grave lesão no joelho.

Charles

O volante atualmente defende o Antalyaspor, da Turquia. A transferência para o exterior foi sacramentada depois que o contrato de Charles com o Cruzeiro não foi renovado.

Ronny

O meia foi contratado pelo Confiança nesta temporada. Antes de acertar com o time de Sergipe, Ronny atuou no Marcílio Dias e no Cuiabá.

Wesley

O volante acertou sua transferência para o São Paulo em 2015 e gerou polêmica ao "pular o muro". Atualmente, Wesley se recupera de uma artroscopia no joelho direito.

Leandro 

O atacante prorrogou seu vínculo com o Palmeiras por mais uma temporada - até dezembro de 2018 - para ir ao Japão. Leandro, que não joga pelo time alviverde desde 2015, tem contrato de empréstimo com o Kashima Antlers até dezembro.

Caio Mancha

Formado na base do Palmeiras, o atacante nunca conseguiu se firmar no time e foi emprestado a outras equipes nas últimas três temporadas. No fim do ano passado, foi anunciado pelo ABC e assinou contrato com o time do Rio Grande do Norte até o fim de 2017.

Gilson Kleina

O técnico deixou o comando do Goiás nesta terça-feira. Em 29 partidas, Kleina somou 14 vitórias, sete empates e oito derrotas. Seu próximo destino deve ser a Ponte Preta, que está sem treinador desde a saída de Felipe Moreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.