Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Saiba por que Tite conta com Cristian para o Brasileiro

Volante tem tudo para ser titular contra o Grêmio

O ESTADO DE S.PAULO

11 de maio de 2016 | 07h00

Primeiro volante de origem, qualidade no passe e finalização de média distância, segundo Tite, são as qualidades do volante Cristian. Porém não foram essas virtudes que fizeram com que o treinador ensaiasse um novo meio de campo no Corinthians para estrear no Campeonato Brasileiro, domingo, contra o Grêmio. O que reconduziu o jogador ao time titular foi sua forma física.

"Nível de força e retomada de padrão físico. Ele agora retomou o seu padrão normal de jogo. Quando o Elias disse que tinham outros problemas (para Cristian não jogar) foi essa retomada. Está em sua condição normal", afirmou o treinador, que disse que só vai confirmar na quinta-feira o time que encara o Grêmio em Itaquera.

Há uma semana, Elias havia dito que Cristian estava treinando muito bem e que teria, em breve, uma chance no time. "Agora voltou ao nível dele, é notório, todo mundo elogia. Ele está treinando bem e vai ter oportunidade. Sabe que Bruno (Henrique) está na frente", disse Elias.

Cristian teve poucas chances no time desde que voltou ao Corinthians, no início do ano passado. E quando ganhou uma oportunidade, em junho, sofreu uma lesão que atrapalhou seu aproveitamento durante a campanha do título Brasileiro. Por jogar pouco, o volante era cotado para deixar o clube neste ano. Um dos motivos é seu alto salário, na faixa dos R$ 400 mil.

O volante, no entanto, teve paciência. E contou com a saída de Ralf, negociado com o futebol chinês no início do ano. Se começou o ano na reserva, Cristian deve enfim começar como titular, tirando a vaga de Bruno Henrique. Foi o que indiciou o treino desta terça-feira.  "Cristian é um jogador posicional, primeiro homem de meio de campo", disse Tite. "Quinta-feira definirei a equipe."

MESMA IDEIA

Tite voltou a lamentar as eliminações do Corinthians no Paulistão e na Copa Libertadores, mas afirmou que não irá remontar a equipe para a disputa do Brasileirão. Ele assegurou que o time está no caminho certo, dando a entender que não abre mão de seu esquema 4-1-4-1. 'Vou continuar com a idea desse processo, independente do resultado final, que faço com uma análise em conjunto com o desempenho. Não vou ser um oportunista de resultado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.